Fashionistando

Marcas responsáveis em prol do planeta!

Estamos vivendo um momento onde todos precisamos entender o nosso papel para cuidar do nosso meio ambiente – e consequentemente, do planeta.

Pequenas mudanças de ações no dia-a-dia contam. Coleta seletiva do lixo, optar por canudos de papel ou metal ao invés do plástico, levar ecobags ao supermercado, utilizar de descargas inteligentes que tem opção de fluxo de água são apenas algumas das simples medidas que já devem fazer parte da rotina da sociedade em geral. Aí em seguida você leva esse mindset para o seu trabalho, família e amigos. E o mood do bem é contagiante!

E gostamos quando observamos empresas de moda atentos com a sua responsabilidade de preservação do meio ambiente. Para quem não sabe, as fábricas têxteis produzem uma enorme quantidade de desperdício, principalmente as fábricas de jeans, onde a maneira de produzir tem sido revista há algum tempo. Pasme: a fabricação de uma calça jeans consome 11 mil litros de água! E esse dado se torna ainda mais chocante quando pensamos que quase 1 bilhão de pessoas ainda não têm acesso à água potável no planeta. Ou seja: há muito o que se fazer nesse aspecto!

Mas, para nossa alegria, esse movimento em prol do planeta já começou em grandes grupos no Brasil. Veja só:

Vamos começar pela Reserva, que já nasceu revolucionária. A marca carioca sempre reforça esse posicionamento que confronta o sistema “comum”, preservando alguns princípios ao invés de seguir no flow do mercado. No próprio site eles já se revelam: “Estimulamos o questionamento e a reflexão porque somos um grupo de comunicação que usa a roupa como mídia para disseminar nossas causas.

Além de diversas atuações sociais, a Reserva também tem a linha “Vale a Pena Ver de Novo”, que recicla o algodão, utilizando sobras desfibradas para compor novas peças. Podemos destacar ainda outras ações louváveis:

  • A cada coleção a marca premia o estilista que desenvolver a peça mais sustentável e inovadora
  • As entregas das compras no Rio são feitas de bike, para contribuir com a diminuição da emissão de CO2

Inspirador, hein? Prova de que é possível ir além da mudança nas etapas de produção!

As campanhas da marca sempre geram reflexão!

Por outro lado, recebemos uma notícia triste: sabia que houve um aumento de 9% do desmatamento nesse ano? Lembre-se: “sem mata não há vida!” – e essa tem sido a premissa da Forum para se incluir como co-responsável e agente de transformação dentro dessa biosfera.

Uma das mais tradicionais marcas de jeanswear nacional também está atenta a gestão de recursos do nosso planeta e assumiu o seu papel de inovar para o bem comum! Aí surgiu a Forum Green e a ação Forum SOS Mata Atlântica, que tem o compromisso de engajar a sociedade para que cada um entenda a sua responsabilidade de preservação, além de fazer a sua parte no sistema.

Forum Green

A Forum Green é uma linha de jeans sustentável, que parte da busca pela contribuição ao atual momento, que exige mudanças drásticas. A proposta do jeans eco-friendly é manter a beleza, toque, acabamento e modelagem inovadora, porém passando por novos e mais sustentáveis métodos de produção. A label já conseguiu otimizar o processo interno e hoje economiza energia e 90% de água, além de utilizar produtos químicos sustentáveis extraídos da própria natureza. Até o tingimento é feito com corantes naturais extraídos do açafrão, alfafa, grama e espinafre. Isso é resultado de pesquisa e criatividade – além de muita vontade de se reinventar e gerar o mínimo de impacto no meio ambiente.

Forum SOS Mata Atlântica

A empresa poderia se dar por satisfeita “apenas” com a nova produção de jeans, mas a equipe de estilo e o administrativo estão tão engajados nesse tema que foram além. Este ano a marca se uniu à Fundação SOS Mata atlântica para desenvolver camisetas com estampas exclusivas que representam os espaços destruídos pelo homem.  A coleção de t-shirts ganha força e carrega um discurso com maior impacto, uma vez que os quatro modelos trazem no peito fotos de satélite de áreas desmatadas, elementos como bandeira e mapas, além de mensagens de conscientização. As peças estão disponíveis em todas as lojas no Brasil e, reverte parte da venda para o projeto.

A terceira marca que entrou em nosso radar de ações ambientais foi a Farm. Mais uma carioca antenada a promover mudanças que impactem positivamente em nosso ecossistema. A label lançou o “Re-Farm”, formado por um conjunto de ações e parcerias que visam reduzir, reutilizar, reciclar e ressignificar o consumo com o reaproveitamento de sobras e peças antigas. Mas esse movimento vai muito além de práticas sustentáveis na produção.

As iniciativas da Farm já renderam vários prêmios!

A Farm também apoia eventos e ações com esse ensejo, como o “Brasil Eco Fashion Week” e o “Índice de Transparência”, idealizado pela global Fashion Revolution, que visa analisar em que medida vinte grandes marcas e varejistas de moda nacional estão comunicando ao público sobre suas cadeias produtivas – e incentivar uma maior prestação de contas em relação aos impactos socioambientais do setor.

Re-Farm e suas peças sustentáveis!

Essas são apenas três das muitas empresas que assumiram a sua responsabilidade de agir em busca de um mundo melhor para todos. Nossa torcida é para que esse número continue aumentando… Você também é intimado a mudar: vamos nos preocupar com o nosso planeta?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.