Fashionistando

Hoje Vou de Twiggy

Magrinha, pequena, com cabelos curtos e olhos bem grandes. E com várias camadas de rímel, claro. Assim era Lesley Hornby, que ficou conhecida, na década de 60, como Twiggy. Considerada a primeira top do mundo da moda, a modelo, atriz e cantora britânica revolucionou esta indústria e os padrões de beleza da época. Enquanto a estilista Mary Quant trazia à tona as minissaias, Twiggy se esbaldava nesta tendência. Ao lado dela, maxi mantôs, blusões e listras.

Magrinha, pequena, com cabelos curtos e olhos bem grandes. E com várias camadas de rímel, claro. Assim era Lesley Hornby, que ficou conhecida, na década de 60, como Twiggy. Considerada a primeira top do mundo da moda, a modelo, atriz e cantora britânica revolucionou esta indústria e os padrões de beleza da época. Enquanto a estilista Mary Quant trazia à tona as minissaias, Twiggy se esbaldava nesta tendência. Ao lado dela, maxi mantôs, blusões e listras.

Mas, e na contemporaneidade? Quem poderia viver esta personagem? A resposta pode ser unânime: Cris Guerra, do famoso Hoje Vou Assim. Também pequena, com olhos grandes e cabelos curtos. Simpática até dizer chega, a colunista e escritora também revolucionou, nas devidas proporções, o sistema da moda. Afinal, ela foi a criadora do primeiro blog de looks diários do Brasil. Depois de Cris, look do dia é o que não falta por aí, né?

E foi por ter uma enorme afinidade com a top 60´s que Cris Guerra topou nossa brincadeira: que tal ir de Twiggy? O resultado, você confere agora. Qualquer semelhança, não tem nada de coincidência.  Deleite-se!

Ficha técnica:
Direção Geral: Fabíola Paiva e Ludmilla Rangel
Styling: Ivan Cavalcante
Assistente: Lorena Braga
Fotografia: Bruno Maluf (Studio Click)
Assistente: Patrícia Araújo
Beleza: Léo Batista (Salão Tif´s)
Modelo: Cris Guerra – Hoje Vou Assim
Making Of: Compota IP
Agradecimento: Museu das Minas e do Metal

  [nggallery id=81 template=galleryview images=0]

Confira aqui o making of do editorial!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
EditorialModa

All Comments