Fashionistando

O tricô contemporâneo da GIG

Inverno pede tricô. Mas, o tricô produzido pela GIG vai além e significa contemporaneidade, vanguarda e muita criatividade. E foi assim que a grife mineira apresentou, na última quarta-feira, sua coleção inverno 2013.

Inverno pede tricô. Mas, o tricô produzido pela GIG vai além e significa contemporaneidade, vanguarda e muita criatividade. E foi assim que a grife mineira apresentou, na última quarta-feira, sua coleção inverno 2013.

Quem abriu o desfile foi a top Renata Kuerten, que exalou feminilidade em um micro vestido brocado, que mesclava a vivacidade do azul turquesa e a sofisticação do prata junto ao preto.

“O tema desta coleção é evolução. Partimos deste princípio e também exploramos a evolução da mulher. Abusamos de elementos da natureza e criamos jacquards que lembram larvas de vulcões e fogo, chegando até os florais”, explica Gina Guerra, estilista e sócia da grife.


E foi neste pensamento de evolução que Gina encontrou liberdade para criar uma coleção autoral e com novidades. “Não me contive apenas ao tema e fui livre para explorar cores, composições e investir em peças contemporâneas”, diz.

Este toque atual foi percebido no uso do lurex e no mix de cores fortes, como o turquesa e pink, que surgem ao lado de tons invernais, como o cobre. “Nesta coleção também fiz algo diferente. Além do look princesa, com saia godê, criei jaquetas perfecto e oversized. Ainda tem o pull com legging e uma alfaiataria mais justinha”, completa Gina.

Uma coleção que reafirma o DNA da grife, que é capaz de explorar o tricô como ninguém mais. A GIG traz à tona uma alfaiataria moderna e o brilho na medida, uma mistura entre elegância e requinte que são perfeitos para a estação.

  [nggallery id=83 template=galleryview images=0]

 Veja como foi a beleza do desfile da GIG!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Minas TrendModa

All Comments