Fashionistando

Séries sobre mulheres fortes que estão em alta na Netflix

  • por em 4 de agosto de 2020

Para animar o seu fim de semana, que tal dar o play em uma série com histórias super envolventes sobre mulheres fortes e empoderadas? A diversão é garantida, mas você pode ser pega de surpresa ao se identificar com a maioria dessas personagens. Confira as indicadas:

Good Girls

Beth Boland, Annie Marks e Ruby Hill são três mães de família tentando lidar com problemas financeiros e maternais. Cansadas de estarem sempre perdendo, elas decidem planejar um assalto a um supermercado, mas o sucesso do plano faz com que fiquem no meio de uma operação ainda maior e mais perigosa.
Direção: Jenna Bans
Elenco: Christina Hendricks, Retta, Mae Whitman
Temporadas: 4

FOTO: Netflix

Jane The Virgin

Jane trabalha em um hotel. Ela tem um noivo que a ama muito e respeita o fato de ela querer chegar virgem ao altar. Mas seus planos mudam, quando ela é inseminada por engano. Para piorar, o sêmen é de seu chefe, um antigo amor platônico de Jane.
Direção: Jennie Snyder
Elenco: Gina Rodriguez, Justin Baldoni, Brett Dier
Temporadas: 5

FOTO: Netflix

Vis a Vis

Vis a Vis segue as desventuras de Macarena Ferreiro, uma jovem ingênua que se apaixonou pelo patrão e agora está presa por causa dele. Acusada de cometer quatro crimes fiscais, ela precisa enfrentar o choque emocional que é estar na cadeia, enquanto sua família procura um jeito de pagar a fiança e libertá-la da Penitenciária de Cruz del Sur.
Direção: Daniel Écija, Álex Pina, Iván Escobar
Elenco: Najwa Nimri, Maggie Civantos, Alba Flores
Temporadas: 5

FOTO: Netflix

Doces Magnólias

Sweet Magnolias acompanha Maddie, Helen e Dana Sue, três mulheres da Carolina do Sul e melhores amigas desde o colegial, que se reúnem nas complexidades do romance, da carreira e da família.
Direção: Sheryl J. Anderson
Elenco: JoAnna Garcia Swisher, Heather Headley, Brooke Elliott
Temporadas: 1

FOTO: Netflix

Para mais dicas como essas, siga o perfil @culturapipocando no Instagram!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.