Fashionistando

5 séries e documentários para conhecer outras culturas

Viajar é a melhor forma de conhecer com outras culturas. Isso não é nenhuma novidade e está longe de ser um segredo. No entanto, como estamos vivendo tempos em que planejar viagens não faz parte da nossa realidade, é preciso buscar outras formas de se conectar com outros povos.

Se tem uma coisa que percebemos com essa pandemia é que o mundo é muito menor do que imaginávamos e, sim, estamos todos conectados. Ainda com todas as diferenças culturais, sociais, econômicas e religiosas somos todos um só e, em maior ou menor grau, estamos enfrentando medos semelhantes.

E por que não aproveitar esse momento de reflexão para se aprofundar sobre essas diferenças e semelhanças que nos distanciam e aproximam? Para isso, nossa sugestão é aproveitar o momento de distanciamento social para assistir a documentários e séries relacionados a esses temas. Vamos lá?

Tales by light

Essa é uma série documental australiana exibida pela National Geographic, mas que está disponível na Netflix. Em cada episódio, ela mostra um fotógrafo profissional viajando por algum lugar do mundo e registrando povos, culturas e paisagens distintos. O mais legal é ver a história por trás de cada imagem.

Nos dois primeiros episódios da terceira temporada, por exemplo, um fotógrafo da UNICEF e o ator Orlando Bloom visitam povoados muitos pobres de Bangladesh e mostram a vida de crianças que, desde muito novas, precisam se expor a trabalhos insalubres para garantir o mínimo de sustento para suas famílias.

Nada Ortodoxa

Uma das minisséries mais comentadas das últimas semanas, tem sua história baseada na vida da escritora Deborah Feldman. Ela nos mostra um pouco da vida dos judeus ortodoxos que vivem em Williamsburg, no Brooklyn, e como é para uma garota sair dessa bolha religiosa. Produção Netflix.

Casamentos Extremos

Mais uma série documental australiana, que também está disponível na Netflix. Nela, um cinegrafista e sua esposa passam um ano viajando e conhecendo as tradições de casamentos em culturas bem diferentes. Com isso, o próprio casamento deles passa por algumas provas. Nos momentos em que o foco é o casal, a série fica mais artificial e com cara de roteirizada, no entanto, vale ignorar isso para poder conhecer rituais que nem imaginamos que exista.

Califado

Essa é uma série sueca que chegou mês passado na Netflix. Em oito episódios, ela aborda a questão do fanatismo religioso islâmico e acompanha a história de três mulheres: uma sueca que se muda para a Síria, após se casar com um integrante do Estado Islâmico e agora quer fugir do país; uma policial sueca que investiga atentados dentro do seu país; e uma adolescente sueca que se vê encantada pelo islamismo e é aliciada pelo EI. É uma série forte, cheia de suspense e que mostra como atuam os radicais islâmicos.

Amor e sexo pelo mundo

Infelizmente, esse título acabou de sair do catálogo da Netflix, mas se puder, tente achá-lo em outras plataformas. Nessa série documental, a jornalista Christiane Amanpour, correspondente internacional da CNN, que já cobriu diversos conflitos pelo mundo, viaja por seis países para descobrir como cada cultura lida com o sexo e amor. É muito interessante ver como um assunto universal, que faz parte da vida de qualquer povo, ainda é um tabu.

Sabia, por exemplo, que no Japão, contatos físicos como um simples abraço é algo totalmente incomum? Inclusive entre pais e filhos! Sem falar que muitos casais param de fazer sexo e dormirem juntos após casarem.

Por meio da série, conhecemos ainda como as cidades de Délhi, Beirute, Berlim, Acra e Xangai lidam com o tema em suas vidas. É bem surpreendente e, em alguns momentos, até emocionante!

Essas são nossas indicações! Se souber de outros títulos que abordam diferentes culturas, conte pra gente!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.