Fashionistando

7 tendências de lingeries que vão bombar em 2020

  • por em 25 de março de 2020

A cada temporada o mercado da moda se reinventa e apresenta novidades e releituras. E no universos das roupas íntimas não seria diferentes, né? Modelagens que garantem conforto e sensualidade, tecidos tecnológicos, detalhes inusitados e ousados: propostas para saciar o anseio pelo novo, característico desta geração.

De balconet (você sabe o que é isso?) a peças com strass, a tendência das próximas temporadas apresenta itens coloridos, com um estilo jovem e bem cool, e recortes que garantem autoestima e beleza para o dia-a-dia das mulheres.

7 tendências de lingeries que irão conquistar as mulheres em 2020

Balconet

Nesta temporada, o Balconet vai ganhar cara nova. O sutiã, que tem bojo que cobre apenas a parte inferior dos seios e alças bem separadas, é indicado para mulheres de seios pequenos ou médios. A peça aparece com transparências, bordados e referências vintage.

FOTO: Jogê
FOTO: Jogê

Estampas

Fãs de estampas, preparem-se! 2020 será o ano em que elas vão se consolidar na moda íntima. Motivos tropicais, com folhas e florais, além de cores intensas, serão um dos hits da temporada. A proposta marca as principais coleções das labels mais antenadas. Roupas íntimas com animal print mais elaborado e até desenhos de frutas também aparecerão para garantir um toque diferente às lingeries.

FOTO: Jogê e Savage x Fenty

Cores quentes

Cores como vermelho, amarelo intenso, laranja e pink também serão destaque de várias coleções. Seja em conjuntos monocromáticos ou em pontos de cor nos looks, as lingeries com essas tonalidades prometem invadir o guarda-roupa feminino em modelos cheios de atitude e personalidade.

FOTO: Jogê
FOTO: Jogê

Strass

Sim, o strass está de volta! Quando a Victoria’s Secret apresentou ao mundo o seu Fantasy Bra no ano passado, um sutiã coberto por cristais Swarovski, a grife marcou o retorno oficial desse tipo de pedraria, direto dos anos 2000. Na moda íntima, esse revival trará peças com aplicações brilhantes que serão puro luxo e glamour.

FOTO: Victoria’s Secret
FOTO: Victoria’s Secret

Sportwear

A tendência Athleisure, que aposta num mix entre elegância e sofisticação com um mood esportivo nos looks, chega agora à moda íntima.  O uso de tops e calcinhas esportivos unem conforto, funcionalidade e estilo, e que podem ser usadas no dia-a-dia, indo além das práticas esportivas.

FOTO: Jogê / Savage x Fenty
FOTO: Jogê

Logomania

Ainda dentro do estilo casual, não poderíamos deixar a logomania de fora da lista de tendências. Lingeries com dizeres e logomarcas estão em alta desde 2019 e continuarão neste ano. Elas vêm com tecidos mais lisos e os acabamentos dão um toque especial nessa tendência.

FOTO: Tommy Hilfiger e Moschino
FOTO: Savage x Fenty

Body

Os bodies, tão conhecidos de outras estações, virão repaginados e em diversos modelos e estilos, com destaques para versões frente única, com ou sem mangas, gola alta e muita transparência.

FOTO: Jogê

Qual sua tendência preferida?

Em tempo: com o aumento de casos confirmados de Coronavírus (COVID-19) em todo o Brasil, medidas de contenção do avanço da pandemia vêm sendo adotadas como tentativa de diminuição do contágio. A franquia de lingerie Jogê, do BH Shopping, reformulou sua rotina de trabalho e atenderá seus clientes por meio de mala consignada.

Com o serviço Jogê To Go, a cliente entra em contato com a loja via Whatsapp, explica o que está precisando e as vendedoras preparam uma malinha de desejos com as opções de lingerie e/ou pijamas que mais possam atender ao gosto e à necessidade dela.

Segundo a franqueada da marca, Lorena Miranda, as peças são entregues em até 24 horas sem custo, frete ou compra mínima. “A cliente pode experimentar tudo, tirar suas dúvidas conosco durante esse processo e pedir novos produtos, caso seja necessário. Depois alinhamos o retorno da mala e a forma de pagamento. Tudo online para o conforto e proteção à saúde das nossas consumidoras”, finaliza.

*Contribuição de Benedita Comunicação

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.