Fashionistando

Do gesso ao croqui!

A moda, assim como qualquer outra arte, é inspiradora e surpreendente. Outra característica marcante deste universo é o fato de que, por meio dela, aparecerem verdadeiros talentos natos que mesmo sem técnica apurada criam obras admiráveis.

  • por em 8 de novembro de 2013

A moda, assim como qualquer outra arte, é inspiradora e surpreendente. Outra característica marcante deste universo é o fato de que, por meio dela, aparecerem verdadeiros talentos natos que mesmo sem técnica apurada criam obras admiráveis.

E esses artistas podem estar bem mais perto do que se pensa e em contextos que em nada lembram o tão falado “glamour fashion”. Onde poderia se imaginar, por exemplo, que um gesseiro poderia ter como dom e grande paixão criar croquis de moda? Inusitado, né?

Pois essa é a história de Wanderson Alves Martins, de 27 anos, morador de Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte. Seu ambiente de trabalho é no meio de obras de construções, mas é nas páginas de revistas de moda que ele encontra sua maior identificação. “Ao ver fotografias de modelos de roupas nestas revistas, me inspiro e crio meus próprios desenhos. Hoje, é o que mais amo fazer. Imaginar minhas criações nas mulheres me proporciona uma satisfação enorme”, conta.

O contato com a moda se deu pelo convívio familiar, já que sempre foi o único homem da família e, segundo ele, essa foi sua primeira inspiração. “Cresci em um meio de mulheres e sempre convivi cercado de roupas femininas, então comecei a desenhar me inspirando nas mulheres da minha casa”, recorda.

Croquis assinados por Wanderson Alves Martins

Até hoje, o único curso que Wanderson teve oportunidade de fazer foi o de corte e costura. E ele sonha com a oportunidade de aprender sobre a história da moda e técnicas para desenvolver o seu dom.

O gesseiro/artista não impõe limites para o seu maior sonho. “Desejo mais do que tudo ver o meu trabalho reconhecido no planeta inteiro. A moda me fez enxergar o mundo de um modo diferente, me fez perceber detalhes que antes passavam despercebidos por mim e hoje me fez ser quem eu sou”;

O rapaz é talentoso, concorda com a gente? Nosso apelo é para que alguma marca invista neste sonho. Torcemos para que Wanderson Alves Martins tenha a chance de aprender mais sobre este universo e, quem sabe um dia, ele se transforma em um grande estilista?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
EntrevistasRadar

All Comments