Fashionistando

Moda como forma de expressão: veja looks do Oscar que foram usados para comunicar ideologias

  • por em 11 de fevereiro de 2020

Em red carpets importantes, com grandes premiações como o Oscar, uma das maiores preocupações das pessoas é se estão elegantes e bem vestidas. Mas, para alguns, um evento como esse, em que todos os olhares do mundo estão voltados para as celebridade e seus looks, se transforma na oportunidade perfeita de abordar causas maiores, que possam alcançar a empatia do público.

Dessa forma, podemos observar como a moda serve de instrumento de comunicação e protesto. Por meio da moda é possível representar, defender ou criticar diferentes ideologias. E isso foi algo que esteve presente nas roupas de diferentes famosas nessa última edição do Oscar. Quer ver?

Jane Fonda
Quem disse que um vestido incrível deve ser usado apenas uma vez? Jane Fonda mostrou que o careta é deixar peças deslumbrantes encostadas no fundo do guarda-roupa. Chique é pensar no planeta, ser sustentável e, sim, repetir looks. Inclusive, ela deu uma declaração recentemente falando que nunca mais compraria roupas.

E ela cumpriu sua palavra ao repetir o vestido que usou no “Festival de Cannes”, em 2014. Além disso, a atriz levou o “casaco de protesto” que virou característico de suas participações nas manifestações por políticas públicas mais incisivas contra mudanças climáticas.

FOTO: Us Weekly

Saoirse Ronan
A loira apostou em um vestido Gucci que foi produzido utilizando o mesmo tecido do último modelo que usou no BAFTA. A ideia da atriz e da marca foi a do reaproveitamento de materiais. Afinal, se o tecido está novinho, nada mais justo do que usá-lo e transformá-lo em um modelo diferente, né? Ótima ideia para você fazer com aquele vestido que não te serve mais…

FOTO: Us Weekly

Os 10 piores vestidos do Oscar

Natalie Portman
A atriz fez um discreto protesto que chamou a atenção de todos. Ela usou uma capa por cima do vestido, mas com um detalhe importante: com broches dos sobrenomes de diretoras que não foram indicadas à premiação deste ano, como Gerwig (Greta Gerwig, de Adoráveis Mulheres), Wang (Lulu Wang, diretora de A Despedida) e Scafaria (Lorene Scafaria, diretora de As Golpistas).

A peça serviu de manifestação tendo em vista que apenas cineastas homens foram indicados ao prêmio de “Melhor Diretor”. Se mulheres fantásticas produziram obras admiráveis, elas devem ser indicadas também. Ótima sacada, Portman – e sempre elegante, como sempre!

FOTO: Us Weekly

Os 12 vestidos mais lindos do Oscar!

Margot Robbie
A musa também levantou a bandeira da sustentabilidade na moda e usou um pretinho vintage nada básico da Chanel, do ano de 1994. Se a moda é cíclica, a dica é olhar para vestidos antigos, brechós e trazer nova utilidade para as peças.

Gostaram dos looks? Concordam com o posicionamento delas?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.