Fashionistando

Por que o pente garfo de Babu Santana é símbolo de luta?

Quem acompanha essa edição do Big Brother Brasil, certamente, já viu o participante Babu Santana exibindo em seu cabelo um pente garfo. O acessório gerou estranhamento e curiosidade tanto dentro, quanto fora da casa. E o que muita gente não sabe é que esse é um importante item de empoderamento negro.

O que é o pente garfo?

Antes de tudo, vamos explicar o que é o acessório. Considerado o melhor amigo de quem possui cabelos cacheados e crespos, ele é essencial para levantar a raiz e conferir aquele volumão poderoso, no melhor estilo black power.

E mesmo vivendo em um país majoritariamente negro, o item ainda é desconhecido pela população. Prova disso, foi a polêmica que a participante mineira Ivy causou ao debochar do pente no programa.

Para a criadora de conteúdo digital Aline França, é essencial que elementos que possuem um significado enorme de representatividade para a comunidade negra ganhem espaço na emissora de maior audiência do país: “Com as cenas diárias do Babu se penteando, isso passa a ser visto como algo comum, presente no dia a dia de pessoas com cabelo crespo. É a quebra de mais uma barreira em relação ao racismo estrutural”.

E de que forma um acessório capilar pode ser símbolo de representatividade de um povo? Aline explica com propriedade: “Os nossos cabelos sempre foram vistos como algo que precisa ser controlado. Volume demais é visto como falta de cuidado e até como algo não profissional. O pente garfo é o acessório que coloca os nossos cabelos para cima e, quanto mais para cima, maior é a nossa sensação de poder”.

Ao utilizar os cabelos crespos com muito volume, o povo negro quebra o padrão que lhes foi imposto. “Então, utilizar o famoso black power é um passo na direção do empoderamento. O cabelo black power é uma expressão de orgulho às nossas raízes, ao nosso natural. É uma forma de dizer ‘eu me amo assim como eu sou’, independentemente da opinião da sociedade em relação a isso. E é o pente garfo que nos possibilita isso, que gera esse volume, esse poder. Por isso, ele também é utilizado como símbolo de empoderamento”.

E quem acha que essa é uma ferramenta recente pode se surpreender: o pente garfo tem origem milenar, sendo que já existia há seis mil anos, no Egito antigo.

Reafirmação e empoderamento

Embora hoje exiba seu crespo bem volumoso com todo orgulho, nem sempre as formas e volume naturais dos seus fios foram motivos de orgulho para Aline.

Ela conta que, até os 21 anos, seu cabelo era modificado com químicas de relaxamento, que tiravam completamente o volume e deixava o meu crespo “mais aceitável”. “Quanto mais volume o meu cabelo tinha, mais apelidos eu recebia na escola. Por isso, o volume sempre foi algo que eu tentei esconder e reprimir”.

Hoje, ela conta, deve ter pelo menos uns 10 pente garfos, e sempre anda e com um na bolsa para arrumar o cabelo. “Essa é uma forma de me afirmar e também de confrontar aqueles que não aceitam as nossas origens. E é justamente essa a razão que hoje eu tenho tanto orgulho de colocar o meu cabelo para cima e sair com ele o mais volumoso possível”.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.