Fashionistando

Sustentabilidade na moda: iniciativas que são um exemplo

  • por em 7 de novembro de 2019

Sustentabilidade é a palavra da vez também na moda. E há um motivo muito forte para isso. Sabia que esse é o segundo setor mais prejudicial ao planeta? Pois é! Mas a verdade é que não precisa ser assim e são várias as iniciativas que comprovam isso e mostram que a moda pode – e deve – ser sustentável.

Durante o Minas Trend, por exemplo, conhecemos o Amni Soul Eco, primeiro fio de poliamida biodegradável do mundo. Trata-se de fibra sintética desenvolvida aqui mesmo no país, pela Rhodia, e que se decompõe em aterro sanitário em apenas três anos.

Só para você ter uma ideia de como essa invenção é importante: há tecidos sintéticos que levam até 200 anos para se desintegrarem por completo. E pode ficar tranquilo: isso em nada afeta a vida útil da roupa que você comprará com esse tecido, viu? O mais interessante é que esse fio desenvolvido só se decompõe no ambiente propício de um aterro sanitário, justamente para reduzir o impacto ambiental.

O fio Amni Soul Eco já está presente em marcas como a Reserva e a Fit. Para o Minas Trend, a estilista Marcela Lima, da marca de bolsas Diwo, criou uma mochila de poliamida com o fio Amni Soul Eco.

Zero lixo na Chris Gontijo

Sabe aquela alegria em ver que uma marca que adoramos também pensa no planeta? Foi assim com a Chris Gontijo. A estilista tem uma preocupação em trabalhar a sustentabilidade de uma forma bem ampla. Tudo começa com o material usado em uma linha da coleção, que é o algodão orgânico biodegradável. Mas vai além disso.

Chris nos contou que o excesso de sobra de tecido sempre a incomodou muito, por ser um desperdício e colaborar para a poluição. Por isso, ela passou a criar diversas alternativas para reduzir a zero o lixo produzido no ateliê.

Com os pedaços de tecidos, a marca passou a fazer camisetas, shorts e outras peças pequenas. “Mas, ainda assim sobrava muito e eles passaram a ser usados dentro do nosso showroom, para as meninas que trabalham lá usarem o tempo ocioso delas, criando outras peças exclusivas que são vendidas no varejo”, diz Chris.

E pode acreditar: ainda assim os tecidos não são utilizados por completo. Com o restante, são feitos saquinhos para as peças premium da coleção da marca. Para o que resta de retalhos pequenos dessa terceira produção, uma solução bem linda foi escolhida.

Esses resíduos são levados para uma instituição chamada Semear, que ajuda deficientes auditivos. “Lá, doamos esses esses retalhos para as mães que ficam aguardando seus filhos serem atendidos e elas fazem fuxicos, que são usados para confeccionarem colchas e almofadas. No final do ano, essas peças são vendidas e toda a renda é revertida para a instituição”. Demais, né?

E tem mais! Com os papéis que são gastos para a produção das estampas da grife, a estilista criou jogos americanos para presentear clientes, parceiros, compradores e a imprensa.

Diamante sustentável

Na matéria sobre a tendência de pedras preciosas nos acessórios para a próxima temporada, falamos sobre a marca Amanda De Nardi. E, claro, não poderíamos deixar de citar aqui essa ideia inovadora e sustentável.

A designer e ourives desenvolveu peças criadas com diamantes sintéticos, que apresentam as mesmas propriedades físicas e óticas de um diamante natural, mas sem o impacto ambiental causado na extração da matéria-prima por meio da mineração.

Para isso, foram criadas gemas em laboratório com a tecnologia HPHT (do inglês, high pressure high temperature). Nela, partículas de carbono foram comprimidas e cristalizadas num ambiente controlado de alta temperatura e pressão, que reproduzem a força da natureza.

Uma produção sustentável e que quem tem a oportunidade de avaliar de pertinho comprova que é realmente luxuosa. A coleção apresentada no Minas Trend conta com brincos, chokers e pulseiras com uma pegada bem minimalista, moderna e sofisticada.

Adoramos conhecer essas iniciativas e ficamos na torcida para que a sustentabilidade esteja cada vez mais presente na moda e em outras esferas da sociedade!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
ModaNovidades